segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

As Pessoas Parecem Flores Finalmente de Charles Bukowski


Avaliação:   | 296 páginas; Editora L&PM

Eu nunca tinha lido nada do velho Buk. Sempre ouvi falar muito dele e comecei a criar certa curiosidade sobre como ele escrevia. Um dia, assistindo ao canal Letras de Batom, da Bárbara - que adora esse escritor -, ela mostrou um dos poemas deste livro e eu o adorei. Decidi começar por este mesmo então, até porque eu estava na vibe de ler poemas.
Minha relação com esse livro acabou sendo um tanto contraditória; perceptível se vocês verem a nota que eu dei e perceberem a quantidade de marcações que fiz.
De forma geral, esse livro foi cansativo e de leitura arrastada. Apesar disso, alguns pontos me chamaram a atenção e, talvez por isso, eu tenha tido o ânimo de continuar até o fim. 
Eu gostei muito da forma como o Bukowski escreve: linguagem direta e simples. Porém o que não gostei foram os temas. Já é marca desse autor ele falar sobre corridas de cavalo, apostas, sexo e bebidas, e eu já sabia disso, mas nada me instigou. Na maioria dos seus poemas ele descreve cenas ou diálogos do cotidiano, que não me pareceram assim tão relevantes a ponto de dar algum prazer à leitura.
Naqueles momentos em que ele fazia alguma reflexão e às vezes era mais subjetivo, ele conseguia minha atenção. Mas foram apenas trechos e um ou outro poema inteiro.
Provavelmente este será o primeiro e último livro dele que lerei, mas valeu pela experiência de conhecer o escritor.



6 comentários:

  1. Parabéens pelo blog! Sua resenha me deixou com vontade de adiar mais um pouco alguma leitura do Buk, hehe.

    http://umsimplesprazer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Suellen!
      Eu adiei a leitura de Bukowski por bastante tempo, talvez seja legal já ler logo pra ver se é mesmo sua praia ou não hahaha
      Beijos!

      Excluir
  2. Ainda não li nada do Buk também, mas sei do apreço quq as pessoas tem com ele e suas obras, porém sei que um livro de poemas não seria a melhor escolha pra eu começar, pois tenho bastante dificuldade com contos e poemas :(

    Mas adorei o nome do livro <3

    Beeijo
    Resenhando Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro esse tipo de nome hahaha Pra mim acho que foi melhor ler um livro de poemas, porque se fosse uma narrativa não sei se eu teria ido até o final, viu. E, para falar a verdade, também não entendi o porquê de gostarem taaanto assim dele. Mas é questão de gosto, tem que ler pra saber, não é mesmo? hahaha
      Beijos!

      Excluir
  3. Sou suspeita para falar sobre o Velho Buk, porque eu o amo com todas as forças do meu ser. É uma pena que você não tenha se identificado com ele, que sabe um outro livro, não é?
    Dá uma segunda chance para ele <3
    Beijos
    Claquete Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ACABEI de comentar no seu blog hahahah
      Ahhh, foi uma leitura bem difícil pra mim, acho que não vai rolar uma segunda vez mesmo. Até porque ele continua com os mesmos temas, né não? Eu gosto de alguns quotes dele, posso viver apenas com isso hahahaha
      Beijos!

      Excluir