domingo, 14 de dezembro de 2014

Zumbis x Unicórnios: Mil Flores de Margo Lanagan


Como esse livro se trata de uma antologia de contos de diversos autores e seria difícil avaliá-lo como um todo, resolvi fazer pequenas resenhas sobre cada um dos contos desse livro.

TIME UNICÓRNIO

MIL FLORES DE MARGO LANAGAN
Avaliação: ☆ | 31 páginas; Editora Galera Record


Uma garota é encontrada inconsciente em uma floresta por um homem, quando, de repente, surgem guardas a procura dela. Eles descobrem que a menina fora violentada e acusam o homem que a achou de ser o estuprador, embora ele seja inocente. O mistério do que aconteceu com ela perdura por toda a história, até o final.  
Esse conto é escrito de forma diferente. Me lembrou contos antigos, algo como aqueles que as babás, em uma época distante, contavam para as crianças. Não é uma história muito fechada, com um começo, meio e fim, mas mais uma sucessão de acontecimentos, que levam a um momento estranho como desfecho. Apesar de a história se passar em um período longo de tempo, o ritmo é tranquilo.
Eu gostei pelo modo diferente com que a história é contada e pela bizarrice do final, que é mostrado de forma meio romantizada, apesar de tudo. Senti muita vontade de ler mais sobre a garota, gostaria de ver esse conto como parte de uma história maior.

TODOS OS CONTOS

A Mais Alta Justiça de Garth Nix | Love Will Tear Us Apart de Alaya Dawn Johnson | Teste de Pureza de Naomi Novik | Buganvílias de Carrie Ryan | Mil Flores de Margo Lanagan | As Crianças da Revolução de Maureen Johnson | O Cuidado e Alimentação de Seu Filhote de Unicórnio Assassino de Diana Peterfreund | Inoculata de Scott Westerfeld | Princesa Bonitinha de Meg Cabot | Mãos Geladas de Cassandra Clare | A Terceira Viagem de Kathleen Duey | A Noite do Baile de Libba Bray

Nenhum comentário:

Postar um comentário