quinta-feira, 22 de maio de 2014

Textos: Continuação

Eu vi o silêncio tomando conta, a cena desbotando em cinza e a existência se apagando, tudo na demora de um tique do relógio. No taque despertei e através da janela ouvi as cores barulhentas, que aos meus olhos disseram "A vida continua". E, de fato, ao botar os pés no chão, ela continuou; ignorando o peso em meu peito que desacelera meu caminhar.


Meu blog pessoal onde posto textos de minha autoria (que agora começarei a postar aqui também, de vez em quando!) é esse aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário