domingo, 18 de maio de 2014

Letra e Música: As Vantagens de Ser Invisível


A história do livro As Vantagens de Ser Invisível se passa no início da década de 90. Uma das principais coisas que unem Charlie a seus novos amigos é a música, portanto o livro é repleto de referências musicais que nos permitem imergir naquela época e nos sentimentos e sensações das personagens.
Tanto no livro como no filme temos listas de músicas. No livro (página 66 da edição da Simon and Schuster), Charlie grava uma fita cassete (quer coisa mais fofa e vintage que isso? hahaha) para o amigo Patrick. A lista é a seguinte:



Assim que vi essa lista no livro entrei no YouTube para ouvi-las todas. E resolvi trazer algumas delas - as que eu gostei mais - aqui, para compartilhar com vocês, da mesma maneira que o Charlie (versão anos 2010, através da internet).

Eu gosto de The Smiths, mas coloquei essa música no post, principalmente, porque é a música que Charlie mais gosta; por isso ela se repete em sua playlist. E para quem leu o livro, ao ouvir a música, fica claro o porquê da paixão dele por ela. Tanto a letra quanto a melodia são incrivelmente melancólicas.



As outras duas músicas que mais gostei da lista de Charlie foram essas:





O filme tem uma trilha sonora diferente, apesar de incluir Asleep. Porém a sensação não se perde nem um pouco, afinal foi o próprio escritor que dirigiu e produziu o filme e ele escolheu outra playlist à altura para a história de Charlie.
Vou destacar essa música em particular, pois eu a adoro! Gosto muito de Sonic Youth e essa música me anima muito (inclusive estou viciada nela no momento, culpa do filme).



Quem tiver interesse, eu recomendo muito que ouça toda a trilha sonora do filme, é realmente muito bacana! 


2 comentários:

  1. Quando assistir ao filme uma das coisas que mais gostei foram das músicas. Sou dessas que adoram trilhas sonoras, e depois de assistir o filme, procura na internet. Mas quando procurei, não achei. Agora depois de tanto tempo posso ouvir as músicas pelo seu post. Asleep não é uma música que me ganhou. Pelo menos agora. Talvez em outro momento da minha vida quando eu ouvir a música ela faça mais sentido.


    www.s-almeida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ser sincera, a primeira vez que ouvi Asleep também não gostei. Depois ouvi melhor e me identifiquei, mas eu sou do tipo de pessoa sentimental e melancólica, que é a vibe da música. Acho que é uma música muito "particular", entende?
      Também sou dessas que sai procurando a trilha sonora dos filmes hahaha Espero que tenha gostado dessa! (:

      Excluir