quinta-feira, 17 de abril de 2014

À Sombra da Lua de Marcos DeBrito

Avaliação: 
[288 páginas; Editora Rocco]

Já falei algumas vezes aqui no blog que os lobisomens são das minhas criaturas sobrenaturais preferidas. Quando fiquei sabendo do lançamento deste livro, fiquei muitíssimo interessada, principalmente porque ele é de terror/suspense. Então se, como eu, você gosta daquelas histórias clássicas de monstros, vai adorar esse livro.
O livro é de um autor brasileiro e se passa no país, mais especificamente na Vila Socorro, uma cidade pequena no interior de São Paulo. 
Há alguns anos o lugar vem sofrendo com mortes de pessoas no período noturno. Ninguém nem mesmo consegue imaginar quem é o assassino, até porque as marcas que ele deixa em suas vítimas se assemelham mais a garras de animais. A população está revoltada e o prefeito tenta de todas as maneiras controlar a situação, sem sucesso. Porém surge Valêncio, um senhor que aparenta saber exatamente qual o problema que assola a cidade e, a seu modo, tenta ajudar.
Enquanto isso, há também um 'quadrado amoroso'; Álvaro, filho de imigrantes italianos, que possui um passado obscuro ligado a uma enorme tragédia ocorrida na cidade, se envolve com a filha do médico local, Alana. Porém Vicente, amigo de infância da garota, é apaixonado por ela e a pede em casamento. E Flávia, amiga dos dois, gosta tanto de Vicente, que faz de tudo para que a amiga fique com Álvaro e deixe Vicente livre.
O enredo é desenvolvido de maneira controlada, com acontecimentos e descobertas que aos poucos vão revelando partes da história completa. Sem pressa, mas sempre com algo em andamento, apesar de já termos algumas pistas e podermos imaginar o desfecho, o livro nos leva com ele, em seu próprio tempo. O autor se utiliza de flashbacks muito bem colados em meio a história para explicar não só a tragédia ocorrida no passado da Vila, mas para revelar pontos cruciais da história.
Há um ótimo equilíbrio entre o terror e o romance, com direito a frases belas e sensações ardentes e momentos de completa selvageria e sangue. Tudo é muito plausível, emocionante e, mesmo seguindo um enredo um tanto comum, tem sua dose de surpresas.
Os personagens são um tanto caricatos, com um traço apenas de personalidade que se destaca durante o livro todo. Ainda assim há personagens de todos os tipos (os que você gosta, os que te irritam,...). Vicente é o único personagem que realmente sofre uma grande mudança durante a trama, revelando um lado seu completamente diferente do começo do livro.
Não gostei do final de alguns personagens, mas por motivos pessoais (questão de gosto mesmo). A trama vai um pouco além do que esperamos e é fechada com muita adrenalina. O final é conclusivo, porém ainda existe uma brecha muito interessante para outros livros; não como sequência desse, mas talvez com personagens em comum e seguindo a mesma linha sobrenatural.

Esse é o livro de estreia do autor, que também é cineasta. Estou esperando pela adaptação cinematográfica, pois durante a leitura imaginei tudo como em um filme. Seria muito bom ter um filme nacional de ficção nesse estilo, para variar.

4 comentários:

  1. Adorei a premissa do livro, também gosto de lobisomens, não são minhas criaturas sobrenaturais favoritas mas eu gosto <3
    Não tenho costume de ler muitos livros nacionais nesse estilo (tenho que mudar isso urgente), tentei ler um sobre vampiros e lobisomens e acabei abandonando (Híbrida - Mari Scott).
    Fiquei curiosa com esse, se tiver filme... seja bem vindo!

    Beijos!!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Gabi! Sério que você não curtiu Híbrida? Eu gostei tanto! :)

      Excluir
  2. Gente! Adorei a resenha, você escreve muito bem!
    Na verdade, adorei o seu blog. Tô passando por aqui pela primeira vez , mas já me encantei e devo te visitar mai vezes!
    Não conhecia este livro ou o autor, mas me interessei bastante (principalmente por ser nacional). Adoro suspenses e esse parece muito legal!

    Beijos! ^^
    Pensamentos em (in)Stantes!
    Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Evelyn! ♥
      Ahh, se você curte o gênero, leia, pois é mesmo muito bom!

      Excluir